Categoria: Arcebispo de Évora

12 Jun 2024

12 a 19 de junho de 2024: Atividades Principais do Arcebispo de Évora

Dia 12

– Participa no passeio anual do Clero da Zona Pastoral Oeste (Vigararias de Montemor-o-Novo e Coruche), à cidade de Salamanca (Espanha).

 

Dia 13

10h30 – Celebração do padroeiro de Reguengos de Monsaraz, Santo António, com a chegada à Praça da Liberdade das imagens dos padroeiros das paróquias daquela Unidade Pastoral. Meia hora depois, preside à celebração da Eucaristia.

18h30 – Preside à Eucaristia por ocasião das Bodas de Prata sacerdotais do P. Sezinando Alberto, em Alcácer do Sal.

 

Dia 14

11h00 – Visita a Comunidade das Irmãs Servas da Santa Igreja.

17h00 – Reunião com a Equipa Formadora do Seminário de Nossa Senhora da Purificação – Maior de Évora.

19h00 – Preside à Eucaristia, na Capela de Nossa Senhora da Purificação, em ação de graças pelo trabalho realizado pelo P. Vicente Hernandez, que termina as suas funções de Diretor Espiritual do Seminário Maior de Évora. Na mesma celebração serão instituídos como leitores, os seminaristas da Diocese de Ondjiva (Angola), Genitório Ngasiame e Tomé Ndilisange.

Dia 15

9h30 – No Seminário Maior de Évora, preside à abertura da Assembleia Diocesana da Pastoral da Saúde.

11h30 – Preside ao encerramento da ação de sensibilização e formação para Agentes Pastorais da Arquidiocese de Évora, no auditório da Igreja da Sagrada Família, orientada pelo Grupo VITA.

18h00 – Preside à Eucaristia Vespertina do XI Domingo do Tempo Comum, na qual ministrará o Sacramento da Confirmação, na Paróquia da Senhora da Saúde, Igreja da Sagrada Família, em Évora.

Dia 16

11h00 – Na igreja Matriz de Borba, preside à Eucaristia do XI Domingo do Tempo Comum, na qual ministrará o Sacramento da Confirmação às Paróquias daquela cidade.

16h00 – Na igreja Matriz de Viana do Alentejo, preside à celebração de ação de graças pelos 75 anos das Irmãs Escravas da Santíssima Eucaristia e da Mãe de Deus.

Dia 17

15h00 – Reúne-se com o Conselho Permanente do Conselho de Presbíteros da Arquidiocese de Évora.

Dia 18

11h00 – No dia em que a Santa Casa da Misericórdia de Borba celebra 500 anos, participa no programa celebrativo e preside à Missa campal na Aldeia Social daquela Santa Casa da Misericórdia.

17h00 – Preside à reunião do Conselho de Administração da Fundação António Gonçalves, em Elvas.

Dia 19

10h30 – Participa na reunião do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), em Fátima.

14h00 – Participa na reunião do Conselho Nacional do Santuário de Fátima.

09 Jun 2024

Escola Salesiana em Évora acolheu a FNO – Faith’s Night Out (com fotos)

Neste sábado, dia 8 de junho, decorreu mais uma edição da FNO (Faith’s Night Out) – Évora, organizado pelas Equipas Jovens de Nossa Senhora, que decorreu na Escola Salesiana, em Évora.

O Arcebispo de Évora participou neste evento, intitulado “Senhor, meu Deus, em Ti me refugio”.

 

08 Jun 2024

600 anos do Santuário de N.ª Sr.ª de Brotas (com vídeo e com fotos)

Durante o corrente ano de 2024 estão a ser comemorados os 600 anos do Santuário de Nossa Senhora de Brotas, com diversas iniciativas.

Neste dia 8 de junho, no âmbito das comemorações, realizou-se uma Romaria ao Santuário de Nossa Senhora de Brotas, que teve como momento alto a celebração da Eucaristia, pelas 11h30, presidida pelo Arcebispo de Évora, D. Francisco Senra Coelho.

Os peregrinos partiram cedo de Mora e caminharam a pé até ao Santuário. Após a Eucaristia houve um momento de confraternização.

Ao longo do dia, houve ainda um concerto pelo Coro do Carmo (dirigido por Monsenhor António Cartageno) e uma conferência proferida pelo Prelado Eborense.

Em entrevista ao Podcast Ser Igreja (que poderá ser vista nos canais digitais da Arquidiocese), o Pároco, P. Nelson Fernandes, convida todos a participar na Romaria, informando ainda que no dia 10 de junho decorrerá uma Romaria a Cavalo àquele Santuário, com Missa campal, às 11h30, e Bênção do Gado.

07 Jun 2024

Solenidade do Sagrado Coração de Jesus celebrada na Catedral de Évora: “Esta relação com o amor de Deus é muito mais do que uma devoção”, disse o Arcebispo de Évora (com fotos e vídeo)

Neste dia 7 de Junho, na Solenidade do Sagrado Coração de Jesus e, como tem acontecido nos últimos anos, o Arcebispo de Évora, D. Francisco José Senra Coelho, presidiu à Eucaristia na Catedral eborense, pelas 17 horas, que foi concelebrada pelos sacerdotes presentes e participada por muitos fiéis e devotos do Coração de Jesus. Nesta celebração participaram representantes de vários Centros Paroquiais do Apostolado da Oração espalhados pela Arquidiocese, que trouxeram os seus estandartes e insígnias.

Em Dia Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes, na celebração, que foi transmitida em direto pelos canais digitais da Arquidiocese, foram também evocados de forma especial os sacerdotes que este ano celebram os seus jubileus sacerdotais.

“Damos graças pelo nosso presbitério, por cada sacerdote, conjuntamente com os diáconos, os seminaristas e o povo santo de Deus louvamos o Senhor neste dia em que o Papa nos convida a rezar de um modo especial pelos Sacerdotes”, começou por dizer o Prelado eborense na introdução da Eucaristia, acrescentando que “com o Apostolado de Oração – Rede Mundial de Oração pelo Papa pedimos ao Senhor em Bodas de Ouro Sacerdotais pelo senhor cónego Manuel da Silva Ferreira, ordenado no dia 21 de abril de 1974, em Évora, pelo Arcebispo D. David de Sousa; e também em Bodas de Ouro pelo Cónego Manuel Maria Madureira da Silva, ordenado em 23 de junho de 1974, em Elvas, pelo saudoso senhor D. David de Sousa. Pedimos ainda em Bodas de Prata sacerdotais pelo P. Joaquim Carlos Antunes Pinheiro e pelo P. Humberto César Gonçalves Coelho, ambos ordenados em Évora, a 5 de dezembro de 1999, pelo Arcebispo D. Maurílio de Gouveia; pelo P. José Gomes de Sousa, ordenado a 5 de junho de 1999, em Madrid, pelo Cardeal D. António Maria Roco Varela; e pelo sr. P. Sezinando  Alberto, ordenado a 13 de junho de 1999, em Setúbal, por D. Gilberto dos Reis”.

“Damos graças ao Senhor pelas suas vidas, pela sua vocação e ministério. Invocamos a Deus o dom da saúde, da fidelidade, da alegria e da paz espiritual. E pedimos ao Senhor da messe que envie mais operários para a sua messe, santas famílias cristãs, missionários, religiosos, sacerdotes, e vocações monásticas e contemplativas”, pediu o Prelado eborense.

À homilia, o Arcebispo de Évora começou por saudar o Cabido da Catedral e os sacerdotes que celebram as bodas jubilares. “Unidos a cada um deles na gratidão pela dádiva da sua vida, pelo seu amor à Igreja, ao serviço das paróquias e dos seminários”, saudou o Prelado eborense, cumprimentando todos, em especial aos núcleos do Apostolado da Oração na Arquidiocese de Évora.

Contextualizando a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, D. Francisco Senra Coelho recordou que na nossa Arquidiocese foi incrementada de modo intenso pelo servo P. Mateo, no pontificado de D. Manuel Mendes da Conceição Santos.

“Esta relação com o amor de Deus é muito mais do que uma devoção”, sublinhou.

“O Discípulo Amado penetra a dimensão mais profunda d’ Aquele coração que antes de ser ferido pela lança já estava aberto e comunicava vida em abundância”, explicou o Prelado, acrescentando que “o seu coração aberto assume toda a vida de Jesus, no amor agápico, que se torna forte perante todas as dificuldades. Um amor que ultrapassa a agonia”, disse.

“Na cruz, o novo Adão adormece para do seu lado nascer a sua esposa, a Igreja, a nova Eva”, referiu. “A Igreja não é um grupo de pessoas que fazem algumas atividades, mas a Igreja nasce do coração do seu Senhor, banhada na água do Baptismo, e revigorada no sangue da Eucaristia. Muito mais do que uma ONG, do que um serviço social, a Igreja é a esposa de Cristo”, afiançou.

“A nossa relação com o coração de Jesus não nos leva apenas à contemplação de um coração ferido e trespassado, para nos favorecer sentimentos de piedade e devoção, mas empenha-nos num testemunho. Aquele que viu dá testemunho. Portanto, o testemunho é uma característica fundamental da relação com o coração de Cristo. Não uma devoção paralisante, que nos torna anestesiados. O coração de Cristo aberto para amar, perdoar, acolher e solidarizar-se é a inspiração para que o nosso coração de discípulos seja semelhante ao d’Ele. Coração em diaconia, em serviço, em testemunho, em comunhão e em caridade”, apelou.

“Peçamos ao Senhor que no Seu coração nos renovemos todos os dias, que saibamos que Ele atua em nós e através de nós. Que através de nós Ele esteja presente nos contextos, nos ambientes, do nosso quotidiano. Que possamos dizer na nossa fraqueza e debilidade que tudo posso n’Aquele que me conforte”, apontou.

“Peçamos ao Senhor que através de nós Ele passe, Ele esteja, Ele seja!”, concluiu o Prelado.

No final da celebração, o Arcebispo de Évora, de joelhos diante da imagem do Sagrado Coração de Jesus, consagrou a Arquidiocese de Évora ao Santíssimo Coração de Jesus.

Texto de Pedro Miguel Conceição

 

06 Jun 2024

5 a 12 de junho de 2024: Atividades Principais do Arcebispo de Évora

Dia 5

18h30 – Preside à Eucaristia na Igreja da Sagrada Família, em Évora, por ocasião do 25º aniversário de ordenação sacerdotal do P. José Gomes, reitor do Seminário Redemptoris Mater de Nossa Senhora de Fátima (Évora), ministrando o Ministério Instituído de Leitor aos seminaristas daquele Seminário, David Barata Oliveira Novo e Ricardo Andrés Becerra Valera.

Dia 6

10h00 – Na Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, com presidência do Dr. José Santos, decorrerá uma reunião com o Arcebispo de Évora, com o Departamento Diocesano da Pastoral da Cultura e Bens Culturais e com os Párocos do Centro Histórico da cidade, sobre a temática “Évora 2027, Capital Europeia da Cultura”.

Dia 7

9h30 – Preside à reunião do Conselho de Administração da FEA – Fundação Eugénio de Almeida, em Évora.

17h00 – Na Sé de Évora, preside à Eucaristia da Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, na qual se rezará especialmente pelos sacerdotes que este ano celebram os seus jubileus sacerdotais: Bodas de Ouro Sacerdotais – Cón. Manuel Ferreira e Cón. Manuel Maria Madureira; Bodas de Prata Sacerdotais – P. Joaquim Pinheiro, P. Humberto Coelho, P. José Gomes, P. Sezinando Alberto.

Dia 8

11h30 – Participa nas celebrações dos 600 anos do Santuário de Nossa Senhora de Brotas, presidindo à Eucaristia.

19h00 – Participa no FNO (Faith’s Night Out) – Évora, organizado pelas Equipas Jovens de Nossa Senhora, que decorrerá na Escola Salesiana, em Évora.

Dia 9

10h30 – Preside à Eucaristia dominical e ministra o Sacramento da Confirmação na Paróquia de Nossa Senhora da Oliveira, em Samora Correia.

18h00 – Preside à Eucaristia dominical e ministra o Sacramento da Confirmação na Paróquia de Santo André em Estremoz.

Dia 10

11h00 – Preside à Eucaristia, com bênção e sagração do novo altar da igreja de Nossa Senhora da Orada, em Sousel, após as profundas obras de requalificação e restauro.

Dia 11 e 12

– Participa no passeio anual do Clero da Zona Pastoral Oeste (Vigararias de Montemor-o-Novo e Coruche), à cidade de Salamanca (Espanha).

06 Jun 2024

29 de junho, às 11h, na Igreja de S. Francisco, em Évora: Ordenação Presbiteral do Diácono Tomás Dias

No próximo dia 29 de junho, Solenidade dos Apóstolos São Pedro e São Paulo, pelas 11h, na Igreja de São Francisco, em Évora, acontecerá a Ordenação Presbiteral do Diácono Tomás Dias, presidida pelo Arcebispo de Évora, D. Francisco Senra Coelho.

A Missa Nova será celebrada na Igreja Matriz de Coruche, no dia 30 de junho, às 17h30.

Recorde-se que a Ordenação Diaconal de Tomás Dias, seminarista do Seminário de Nossa Senhora da Purificação – Maior de Évora, natural de Coruche, oriundo da parte ribatejana da Arquidiocese de Évora, decorreu no dia 8 de dezembro de 2023, pelas 17h00, na Catedral de Évora, na Eucaristia da Solenidade da Imaculada Conceição.

 

06 Jun 2024

Bodas de Prata sacerdotais do P. José Gomes e instituição de leitor no Seminário Redemptoris Mater de Évora (com fotos)

Na tarde deste dia 5 de Junho, o Arcebispo de Évora presidiu à Eucaristia na Igreja da Sagrada Família, em Évora, por ocasião do 25º aniversário de ordenação sacerdotal do P. José Gomes, reitor do Seminário Redemptoris Mater de Nossa Senhora de Fátima (Évora), ministrando o Ministério Instituído de Leitor aos seminaristas daquele Seminário, David Barata Oliveira Novo e Ricardo Andrés Becerra Valera.